Sempre que escrevo um poema, um poeta de verdade se remexe no túmulo, por dor ou por pena

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

[ VI ]

foi,
restou música, tanta
no apartamento vazio


Nenhum comentário: